quinta-feira , 14 dezembro 2017
Home / A Hora é Agora / NOTÍCIA DA HORA

NOTÍCIA DA HORA

A discussão de hoje é sobre o promotor que acusa a Prefeitura de São Paulo de incentivar o uso indiscriminado de radares pela cidade e de utilizar os fundos provenientes das multas para usos que não são os previstos em lei.

A questão do uso dos recursos é simples de resolver. Se a Justiça entender que a Prefeitura pode usar os recursos das multas em faixas de pedestre, ciclovias, ou pontos de ônibus, ótimo, que use. Se não, não há problema, é só gastar os mais de R$ 474 milhões de receita anual em “ações de educação de trânsito”, que vão estar dentro da lei e vai ser ótimo, porque é justamente disso que nós precisamos!

Nós somos uma cidade de mal-educados no trânsito e o termo “indústria da multa” parece querer disfarçar o fato de que os radares multam apenas quem comete infrações.

Não é preciso ir longe. Vá até a esquina da sua casa, fique lá quinze minutos e responda: quantos motoristas passaram no sinal vermelho? Quantos fizeram conversão sem esperar pela passagem de um pedestre na faixa? Quantos mudaram bruscamente de faixa?   Fica no ar a seguinte comparação: nós temos uma “indústria de multa” ou uma indústria de maus motoristas”?

fonte: Blog Mauro Calliari (Estadão)
Gostou? Compartilhe: